sábado, 5 de dezembro de 2009

NÃO ESTACIONE. LEIA!

Em sábados embaçados, sem sol, resta-nos boa leitura. A tela fria e brilhante do computador nos impacienta, a cadeira fica cheia de formigas... Mas eis os livros em todos os cantos, esparramados, alguns momentaneamente esquecidos.
Melhor mesmo é traduzir esta tarde de sábado
com os versos (Balada) de José Paulo Paes:
Só me restam os livros.
Vou ficar com eles
esperando que chegue do fundo da noite,
das sombras do tempo,
oh! imenso mar,
vem me libertar
da tarde cinzenta!

Foto: walter ney

4 comentários:

Francismar Lemes disse...

Muito bacana o seu blog. Parabéns e sucesso

walter ney disse...

Francismar, obrigado pela visita e volte sempre!

abração

!! MeNiNa dE aMaRaLiNa !! disse...

Que delícia que é ficar entre os livros não é mesmo?? Pena que hoje em dia a gente tem tão pouco tempo e quando tem optamos pela internet, aaaffff... bjs

walter ney disse...

Realmente, a correria é tanta, mas temos que arranjar tempo para o tempo, para os livros.
bjs